Empreendedorismo: competência que une os valores do projeto Jaborandi sustentável e a trajetória profissional de Danilo Savan

Prefeito Silvio Vaz de Almeida, traça paralelo entre a importância da implantação do projeto da Horta Municipal e a atuação profissional do empresário Danilo Savan, falecido no último dia 28/07, vítima de acidente automobilístico

A Prefeitura Municipal de Jaborandi, entregou na tarde desta sexta-feira (06/08), as obras de instalação da Horta Municipal, que cultivará hortaliças através da técnica da hidroponia. O espaço que faz parte de uma das iniciativas da atual administração para geração de emprego e renda, além de permitir a qualificação de jovens, regularmente matriculados no ensino fundamental foi batizada com o nome do empresário jaborandiense Danilo Savan, vítima de acidente automobilístico ocorrido na última quarta-feira (28/07), na Rodovia Dona Genoveva Lima de Carvalho Dias (SP – 373), no munícipio de Jaborandi.
Centenas de munícipes prestigiaram a solenidade de inauguração que foi conduzida pelo prefeito Silvio Vaz de Almeida. Além da população, diversas autoridades do executivo e legislativo participaram da cerimônia entre elas o vice-prefeito Fernando Amaury Chaboli (Pepa), os secretários municipais de: Assistência e Desenvolvimento Social, Ana Cristina B. Chaboli, da Educação, Bruno Henrique Soares de Oliveira, da Saúde, Joice Aparecida da Silva, Comunicação, Steffan Diorgy S. Vernillo e o Diretor de Obras, André Mancini. Os vereadores André Junqueira, Antônio Luiz de Lima Júnior e Odair Pereira Rasteiro Júnior também prestigiaram a solenidade. A família do empresário Danilo Savan foi representada pela sua mãe Neuza Maria Budri Savan e pelos irmãos Waldiney Donizete Savan (Thesco), Daniel Savan e também pela cunhada Karina Savan. As novas instalações foram abençoadas pelo pároco Luís Fernando.
Durante a solenidade o prefeito Silvio Vaz de Almeida destacou as semelhanças entre os objetivos da implantação da Horta Urbana Municipal, que faz parte do Projeto Jaborandi Sustentável e a trajetória de vida do empresário Danilo Savan, ambos marcados pelo empreendedorismo como competência de geração de oportunidades na atividade econômica. “Quero aproveitar essa oportunidade para desejar meus sinceros sentimentos a D. Neuza, Thesco e ao Daniel pela perda do Danilo Savan, um jovem cuja vida foi ceifada por esse triste acidente automobilístico; mas quero aqui destacar que esse projeto eternizará a imagem do Danilo e ratificar que o empreendedorismo é uma competência que liga os valores e os objetivos desta instalação a trajetória de vida e atuação do Danilo, que desde a muito tempo ao lado da família, gera emprego e oportunidades para diversas famílias jaborandienses, através do comércio varejista supermercadista”, declarou Silvinho, oportunidade na qual recebeu aplausos calorosos do público presente.
Ainda segundo o chefe do executivo municipal, a geração de emprego e renda é uma das prioridades da atual administração e a instalação de Horta Urbana para o cultivo de hortaliças através da técnica da hidroponia, é uma destas iniciativas que visam o incremento da renda e oportunidades para os jaborandienses. ” Esta iniciativa permitirá aos agricultores locais infraestrutura adequada para o cultivo de hortaliças, recebendo capacitação técnica e até financiamento da produção a juros subsidiados pelo Banco do Povo, instalado no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), com parte da compra de toda a produção garantida pela própria prefeitura que utilizará as hortaliças na merenda escolar”. Além disso os estudantes regularmente matriculados na rede municipal de educação, com a devida frequência atestada e boas notas, poderão participar da iniciativa no contraturno de suas atividades curriculares, através do Projeto Curumin, recebendo bolsa inicial de R$ 150,00 podendo chegar a R$ 300,00, conforme a evolução de sua qualificação técnica “, enfatizou Silvinho em tom otimista.
Na sequência Silvinho, lamentou o voto de 04 vereadores, que rejeitaram Projeto de Lei de Autoria do Executivo, que propunha a criação de empresa de capital misto, voltada a geração de energia solar, na qual o munícipio na integralização de capital entraria somente com uma parcela de área do Sitio Tobiatan para a instalação da usina de geração de energia solar. ” Infelizmente. as motivações políticas, levaram a não aprovação deste projeto, devido ao voto contrário de 04 vereadores de um total de 9 edis. Estamos estruturando pesquisa e se necessário vamos buscar através de um abaixo assinado, a opinião dos jaborandienses, sobre esse empreendimento, pioneiro que permitiria a Jaborandi, gerar inúmeros empregos, além de ampla qualificação de sua mão de obra, num segmento de atuação econômica que tem crescido exponencialmente, sobretudo nessa época em que a crise hídrica impõem a implementação de novas matrizes energéticas e a solar é uma delas”, enfatizou Silvinho.
O prefeito Silvio, finalizou o discurso enfatizando sua alegria em retomar o comando da cidade em que cresceu, após 25 anos e aproveitou a oportunidade para anunciar a entrega até o final do ano das obras do Centro Integrado de Distribuição de Medicamentos e da construção de novas moradias populares, destacando também o inicio das obras de remodelação do Complexo Esportivo Carlos Oscar Vaz de Almeida, a construção de praia artificial, parque botânico e museu a céu aberto na área.

COLETA SELETIVA

Outra ação da administração municipal que mereceu destaque, foi a instalação de 700 conjuntos de lixeiras em todos os quarteirões da cidade, visando a implantação da coleta seletiva. Durante a cerimônia, dentro do Programa Jaborandi Sustentável, foram entregues 8 carrinhos para os coletores de recicláveis, além do fornecimento de uniformes e demais equipamentos de proteção individual (EPIs).