Jaborandi terá laboratório de invenções com impressoras 3D, cortadoras a laser e kits de robótica.

O Projeto “Educação Tech” trará diversas revoluções tecnológicas a educação municipal. Entre as ações do projeto, destacam-se o “FAB LAB” (laboratório de invenções), o auxílio de 2.500 reais para compra de notebooks pelos docentes e a implantação de tablets em todas as salas de aula.

Mais do que computadores, os “fab labs” reúnem itens como impressoras 3D, cortadoras a laser, kits de robótica, entre outras ferramentas tecnológicas. Tais ambientes propiciam que os estudantes criem protótipos, façam testes, invenções e aprendam de forma mais prática – por isso é chamada de educação “mão na massa.” Os laboratórios de invenções, também conhecidos por “fab labs”, se relacionam com as inovações previstas pela Educação 4.0 e corroboram com as metodologias ativas de ensino que preveem que o aluno esteja no foco da aprendizagem e tenha uma formação crítica e autônoma.

Além disso, a prefeitura e a câmara municipal aprovaram um repasse de R$2.500 para cada professor(a) da rede pública, afim de auxiliar na compra de notebooks. A expectativa é possibilitar que todos os professores tenham seus próprios notebooks de boa qualidade, permitindo que estes preparem e ministrem suas aulas remotamente com praticidade.
Outra ação do projeto “Educação Tech” é a ampliação da cobertura de sinal wifi para toda a área das escolas municipais, com subsequente compra de tablets para cada sala de aula da rede de ensino. A expectativa é fornecer condições ideais para que se realizem aulas remotas com excelência.