I VIRADA CULTURAL AGITOU JABORANDI NO FINAL DE SEMANA

Evento contou com várias atrações, como: Concurso de Miss e Mister, balada, shows, mostra de dança, exposições de obras de arte, artesanato e stands de culinária brasileira e internacional.

 

Neste fim de semana de 10 a 12 de dezembro, a Prefeitura de Jaborandi trouxe entretenimento e arte aos seus munícipes através da realização da I Virada Cultural. Projeto inédito de valorização da cultura regional, nacional e internacional, foi o primeiro desse tipo a ser realizado na cidade, atraiu diversos visitantes da região. A Virada foi organizada em três dias que contemplaram: “Abertura”, no primeiro dia. “Revolução”, no segundo dia. E “Tradição”, no terceiro e último dia.

O Concurso “Miss e Mister Comércio 2021” abriu o evento. Dez lojas do município competiram com seus casais representantes em um desfile que elegeu os ganhadores dos títulos, além do prêmio de mil reais. Foram contemplados como ganhadores: Kaique Pagliuso, que representava o comércio JC Decorações, e Ana Beatriz Carvalho, representante da Autoescola Direção Certa.

O segundo dia que contou com o tema “Revolução”, trouxe diversas apresentações de grupos dos mais variados gêneros musicais, artistas e artesãos que puderam expor e comercializar sua arte na 1ª Feira Livre. Artistas de graffitti, fizeram intervenções no interior do Parque de Exposições Gino Brunozzi. Shows de Renato Quase Russo, Grupo Nossa Imagem, Uma Dupla de Três e o rapper Edu Rock e outros artistas animaram a tarde e à noite. O encerramento ficou por conta da “Vira Night”, uma balada com seis DJ’s de música eletrônica e funk que mantiveram a Virada em alto astral até às 7h do dia seguinte.

O último dia, prestando homenagem à “Tradição”, iniciou com uma cavalgada que partiu do Parque de Exposições e retornou ao Recinto para a Queima do Alho, apresentações de duplas sertanejas, bingo e finalizando a Virada, um forró que se estendeu até o fim da noite.

A I Virada Cultural de Jaborandi foi um evento beneficente, todo o lucro gerado irá para a construção da Casa do Pajé, um centro para idosos onde eles poderão contar com apoio em saúde, acolhimento, recreação e entretenimento.