Educação de Jaborandi aposta na tecnologia e qualificação dos alunos

Aquisição de tablets, equipamentos para Alfabetização em Programação, instalação do Fab – Lab e Projeto Curumim, são partes das estratégias adotadas pela nova administração jaborandiense, para melhor qualificação dos alunos da rede municipal

Horta hidropônica municipal, onde os alunos do projeto “Curumim” desenvolvem ofícios extraclasse

O setor educacional tem sido uma das prioridades da atual administração, que tem ampliado de forma significativa os investimentos na pasta. Diante dos desafios impostos pela pandemia em que se exigiu o ensino de forma remota foram ampliados os investimentos em tecnologia da informação. Um desses exemplos, será o investimento referente a aquisição de 43 tablets, que estarão disponíveis em 100% das salas de aula da rede municipal de educação jaborandiense. Segundo o professor e Secretário Municipal de Educação, Bruno Henrique Soares de Oliveira o novo investimento permitirá aos professores melhor suporte tecnológico nas aulas tanto presenciais quanto a distância. Ainda segundo o titular da pasta da educação, a administração municipal concedeu bônus de R$ 2.500,00 a todos os professores efetivos da rede municipal de educação para que realizassem a aquisição de laptops ou mesmo celulares, afim de garantir que o ensino a distância fosse aprimorado, enquanto as aulas na modalidade presencial estivessem suspensas.

O projeto “fablab” será implementado em Jaborandi, trazendo laboratórios de impressões 3D, entalhadoras a laser, entre outros equipamentos tecnologicos de ponta

A pandemia foi um desafio imposto ao setor educacional, mas através do investimento na qualificação dos nossos professores e na melhoria do suporte tecnológico vencemos a primeira etapa
ponderou Bruno.
Em visita as unidades educacionais, que recomeçam as aulas presenciais na próxima segunda-feira (26/07), o prefeito Silvio Vaz e o Secretário da Educação explanaram as ações da atual administração visando a qualificação dos jovens e a geração de oportunidades, através da implantação de projetos multidisciplinares envolvendo educação e a assistência social. Uma dessas iniciativas exitosas, foi a implantação do Projeto Curumim, que qualifica jovens, devidamente matriculados no ensino fundamental e médio com bolsa de estudos, enquanto são capacitados no contraturno de suas atividades curriculares. Ao todo o projeto vêm beneficiando 21 jovens, que recebem bolsa inicial de R$ 150,00 podendo chegar a R$ 300,00, conforme a evolução de sua qualificação técnica. Atualmente as vagas disponíveis abrangem as atividades de pedreiro, mecânico, corte e costura e agricultura familiar, através da horta urbana. Para estarem aptos a participação no projeto, os alunos inscritos tem que manter frequência escolar, além de boas notas.

Alunos do projeto “Curumim” desenvolvem atividades do ofício de pedreiro

Outros projetos inovadores que deverão ser implantados em breve, segundo o prefeito Silvio Vaz de Almeida, são o Projeto Alfabetização em Programação, com projeto piloto a ser iniciado para os alunos do 5° e 8º anos do ensino fundamental, que passarão a contar com a nova disciplina na grade curricular, enriquecendo a formação em tecnologia para os alunos. Outro investimento na qualificação tecnológica com foco no despertar criativo dos alunos é a implantação do FAB-LAB, em parceria com o Serviço Social da Industria (SESI). ” O Fab Lab é uma plataforma de prototipagem rápida para a inovação e invenção, que estimula o aprendizado maker, a educação investigativa e o empreendedorismo. Estamos dotando a rede municipal de educação de Jaborandi, de uma estrutura única em toda a região, unificando educação de qualidade, capacitação e formação de nossos alunos, dando-lhes o suporte inicial necessário para que ingressem no mercado de trabalho e vençam os desafios da vida adulta”, finalizou o prefeito Silvio Vaz, durante a visita as unidades escolares.

Alunos do projeto “Curumim” participam de palestras sobre empreendedorismo e motivação

Retorno as aulas presenciais

Na próxima segunda-feira (26/07), os alunos matriculados na rede municipal de educação retornarão as aulas presenciais. A Secretaria Municipal de Educação, porém adotará o ensino hibrido (presencial e a distância), para os alunos cujos pais optarem pela modalidade durante a pandemia. Para estarem aptos, os pais interessados em que seus filhos cursem o sistema hibrido, deverão dirigir-se presencialmente a unidade educacional que os alunos estão matriculados e formalizar a adesão assinando o Termo de Compromisso de Atividade e Carga Horária Mínima.