FECHAMENTO DO 2º QUADRIMESTRE

Saíram os dados financeiros da Administração para os 8 primeiros meses de governo.

 

De janeiro a agosto de 2021, Prefeitura de Jaborandi arrecadou R$24,3 milhões e gastou R$22,6 milhões, o que significa um superávit de 7,21%.

Comparado ao mesmo período do ano passado, Jaborandi teve um aumento nas receitas na ordem de R$2,5 milhões, ou 11,66%, enquanto as despesas subiram apenas R$1,1 milhão (5,18%), respeitando e melhorando ainda mais a saúde fiscal do município.

 

O endurecimento da pandemia pressionou as despesas principalmente nas áreas da Saúde e Assistência Social, esta última com um aumento de 33,83% com relação ao mesmo período do ano passado.

Foram R$7,1 milhões investidos apenas nestas duas áreas, cerca de R$850mil A MAIS que em 2020.

Isto porque, este ano, Jaborandi bateu todos os recordes em doação de remédios, cestas básicas e benefícios sociais eventuais.

 

Lembrem de alguns benefícios inaugurados nesta gestão:

– Cesta básica para todas as gestantes do município a partir do 5º mês

– Auxílio para alunos de universidades públicas estaduais e federais que moram fora de R$500 por mês

– Bolsa escolar via Projeto Curumim a partir de R$150 para jovens estudantes em condição de aprendizes

– Apoio de R$300 no salário de jovens vinculados ao Programa Municipal de Apoio à Aprendizagem e Primeiro Emprego (PMAPE)

– Auxilio para mães de crianças especiais de R$300 por mês

– Aumento do Programa Qualifica (Frente de Trabalho) de R$300 para R$400, além de cesta básica