• Imagem Jaborandi
Veja Também


Saúde define novas ações previstas no Plano Municipal de Contingência e Prevenção a Transmissão do Coronavírus

20 de Março de 2020

"Novo pacote de medidas está em consonância com o Plano Regional de Contingência e visa adequar a rede municipal de saúde as ações preventivas para minimizar a transmissão do Coronavírus"
 
    A Secretaria Municipal de Saúde de Jaborandi, através do Gabinete de Situação - Coronavírus, adotará um novo pacote de medidas visando a adequação da rede municipal de saúde, a estratégia de ações bem como a implementação de campanhas educativas reforçando medidas de incentivo e contenção das interações sociais no município. 
    As medidas estão de acordo com esforços empreendidos no âmbito federal e estadual para ações de contingência visando minimizar a transmissão do Coronavírus, através do achatamento da curva de transmissão do Covid 19,  resguardando desta forma a capacidade operacional da rede municipal e regional de assistência à saúde. 
    Segundo a Secretaria Municipal de Saúde e com base nos indicadores internacionais, as projeções do Ministério da Saúde (MS) , são de que 80% dos infectados apresentarão sintomas leves, e portando deverão se isolar em quarentena (14 dias) em seus domicílios, 15% necessitarão de atendimento médico ambulatorial e hospitalar e outros 5% dos pacientes inclusos no grupo de risco necessitarão de leitos de terapia intensiva em UTIs. 
    Na região de abrangência do Departamento Regional de Saúde V (DRS V), que incluí 17 municípios dentre eles Jaborandi, não foram confirmados até o momento nenhum caso de paciente infectado por Coronavírus, porém existem 21 notificações, sendo 19 em investigação e 02 descartadas.  
    Acompanhe abaixo as ações preventivas que estão sendo implementadas para minimizar a transmissão do Coronavírus (COVID 19).:
 
    1. Intensificação da Campanha Educativa  #fiqueemcasa , através de diversas mídias , visando a conscientização da população para a necessidade de contenção social da população, com foco no achatamento da curva de transmissão;
    2 Instalação de tendas defronte as Estratégias de Saúde da Família (ESF-01/ESF-02), deslocando o primeiro atendimento informativo de pacientes para a área externa e bem ventilada, organizando o fluxo de pacientes e evitando aglomerações dentro das unidades;
    3. Atendimento pelos médicos da saúde da família somente por demanda espontânea  evitando assim aglomeração nas recepções das unidades;
    4.  Marcação de Consulta de meia em meia hora com os médicos especialistas com triagem, externa dos pacientes e entrada 1 a 1 nas unidades para consulta, evitando assim aglomerações;
    5. Capacitação das equipes da saúde tanto no âmbito da Atenção Primária a Saúde (APS), quanto na Média Complexidade para as ações de manejo previstas no protocolo de atendimento do Ministério da Saúde (MS), em relação a  eventuais pacientes suspeitos de infecção pelo novo Coronavírus (COVID 19). 
    6. Articulação junto as redes hierarquizadas regionais de atenção à saúde para a regulação de eventuais transferências de  pacientes que necessitarem de leitos de terapia intensiva;
    5. Vacinação em domicilio de 1.177 idosos com idade a partir de 60 anos, que são o público-alvo da primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) , com inicio nessa segunda-feira (23/02);  
 
    O Plano Municipal de Contingência e Prevenção a Transmissão do Coronavírus, prevê a adoção de outras medidas de acordo com a evolução e os cenários traçados, sempre em consonância com as esferas: estadual e federal.    

Desenvolvido pela Macaúba

O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxApple SafariOpera